Site Meter

1.12.10

SORRISO

O céu escureceu, de nuvens grossas, um frio ladrão violou portas e janelas e pôs-nos um arrepio a tocar os ossos. De súbito, a pedrada miúda e enérgica abateu-se sobre as casas, as ruas. Chuva branca, de contas de gelo. É o Inverno, que estalou lá para a as montanhas, a anunciar-se à vista do mar. Que dia! Escuro, frio, desolador. Nada disso. Apenas um episódio de invernia, forte e breve. Logo, logo, os rasgões nas nuvens já esbranquiçadas a alargarem, a deixarem passar o azul puríssimo. Com o azul vem o oiro esplendoroso. É o sol de inverno, neste céu de Portugal. Risonho, gaiato, oblíquo, desafiando o deslumbre do nosso olhar. Foi quando saí de casa e o enfrentei, sorrindo. Quase feliz.


Licínia Quitério

Sem comentários:

Também aqui

Follow liciniaq on Twitter
 
Site Meter

Web Site Statistics
Discount Coupon Code