Site Meter

27.11.10

CHEGOU

Nada sabe do mundo a que chegou há pouco. Mama, dorme, chora e já sorri. Crescerá, o seu corpo mudará e o mundo mudará com ela. Uma ínfima partícula do universo, ainda infante. Da voz à fala chegará. Nomeará então as coisas e o céu e o sol e a lua e os homens e as mulheres. Caminhará sobre os seus passos que outros não lhe serão dados. Em algum tempo, terá uma flor em cada mão, estrelas no olhar e na boca bagos de romã. Construtora da própria vida, espectadora e actriz no imenso palco onde representará a sua história. Única, irrepetível, a Mulher que agora começa.

Licínia Quitério

3 comentários:

Mel de Carvalho disse...

Nada nos alteia maiores do que dádiva de uma criança. E todos os colos são dela, e todas as luzes plasmam em seu olhar...

Bem-vinda... As maiores venturas, meus votos. A todos quantos a rodeiam.

Beijo com carinho
Mel

M. disse...

Um dia esta menina gostará de ler o presente que lhe ofereces ao jeito de história de fadas. Tão bonito, Licínia!

Anónimo disse...

Que esta menina cresça com o encanto de encantar, como esta pequena história me encantou!!!
Uma perfeita doçura.....
Até já

Também aqui

Follow liciniaq on Twitter
 
Site Meter

Web Site Statistics
Discount Coupon Code